Pensamentos automáticos, o que são e como controla-los?

Rate this post

Você acorda pela manhã e antes de levantar da cama, inúmeros pensamentos já passaram em sua mente. Esses pensamentos são a largada para o seu dia e para muitas pessoas esses pensamentos se tornará o resumo do dia.

pensamentos automáticos

       A imagem vista ao fechar os olhos, aquela voz interior que te acompanha em todos os momentos ou aquelas lembranças que surgem “simplesmente do nada”… Se você nunca parou para refletir o que são esses conteúdos que acontece na sua mente, neste post te apresento a definição desses: PENSAMENTOS AUTOMÁTICOS e te convido há refletirmos um pouco sobre eles e sua influência em nossas vidas.

     Para RANGÉ (2001a), os pensamentos automáticos são verbalizações ou imagens encobertas, específicas, reflexas, autônomas e idiossincráticas, que provocam emoções correspondentes, ou seja, são todos os conteúdos que citei acima e que surgem de forma automática na sua mente e sua exposição se molda conforme suas particularidades, maneira de ver e interagir com o mundo.

       Desta forma esses pensamentos automáticos para algumas pessoas se manifestará mais de um jeito do que de outros, mas isso tem pouca relevância, o mais importante é você saber que todos nós temos esses pensamentos automáticos e sejam eles imagens, vozes, lembranças… Eles irão influenciar diretamente no seu humor, nas suas emoções, nas suas percepções, relações… Resumindo influenciará em toda sua vida.

Os Pensamentos Automáticos Influência Minha Vida? Como Assim?

Bom, não irei fazer aqui uma explicação técnica, mas irei apresentar um exemplo que acredito que será suficiente para entender a tamanha influência dos nossos pensamentos.

Imagine:

Você acorda, é segunda-feira:

Primeiro Pensamento Automático: “Odeio Segunda-Feira”, você olha no relógio ….Vixi…estou atrasado!

Imagine já a sequência de pensamentos que você terá….imagine o sentimento que vai aumentando dentro de você…..

Você pega o carro e na estrada surge à imagem de seu patrão falando um monte de coisas para você…

Responde-me:

Quais os próximos pensamentos que surgem em sua cabeça depois dessa situação? Qual é o sentimento que você sente? Como você chegará a seu trabalho e tratará as pessoas?

Agora imagina a mesma situação.

Você acorda, é segunda-feira:

Primeiro pensamento: “odeio Segunda- Feira” (Eu poderia aqui usar um pensamento bem legal, positivo e bonitinho…mais ficaria fácil de mais…rsrs. Vou utilizar o mesmo pensamento automático que na situação anterior, por que já aproveito a ocasião e falo de um outro conceito indispensável e que devemos aplicar a todo momento e em qualquer situação: A Assertividade, Veja neste outro post que explicarei melhor o que é assertividade. )

Continuando …

Você pensou : Odeio segunda feira.

Você rapidamente questiona o pensamento, Porque odeio segunda feira?

Você perceberá que na maioria dos pensamentos automáticos as afirmações não tem sentido nenhum…por exemplo nesse caso, a resposta poderia ser….

Odeio segunda feira porque tenho que acordar cedo (o segredo é questionar o pensamento… As respostas sempre virão por meio de perguntas, neste outro post abordarei sobre como questionar seus pensamentos, usando os questionamentos socráticos)

Você questiona

…Uê eu só acordo cedo na segunda feira?

Porque  odeio acordar cedo?

—Há porque acordo com sono….

Que horas você vai dormir ?

– 02 horas da manhã…

Pronto Solução é Obvia …. (Não precisamos nem falar o que deve ser feito)

Você poderá ter milhões de justificativas, mas se colocar em prática o hábito de questionar sempre terá uma solução…

Continuando com a situação acima… Se você passar a questionar cada pensamento e sentimento e procurar agir de maneira assertiva, certeza que o desfecho da história será completamente diferente da outra situação…

No próximo post continuarei falando dos pensamentos automáticos…

Gostaria que você deixasse seu comentário logo abaixo,  quero saber se esse post foi de alguma maneira útil para você….

Até a próxima…

Abrass…

RANGÉ, Bernard (Org). Psicoterapia Comportamental e Cognitiva: Pesquisa, Prática, Aplicações e Problemas. Vol. 1. São Paulo: Editoria Livro Pleno, 2001a.

Walle Almiro

Graduado em Psicologia , Especialista Cognitivo Comportamental e Apaixonado por Desenvolvimento Pessoal, Marketing Digital e Empreendedorismo.

Website: https://wallealmiro.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *